5 dicas para você ter o sono dos sonhos

Tempo de leitura: 4 minutos

Hoje acordei com sono… Muuuito sono!

Meus filhos resolveram invadir a minha cama em horários alternados, além da pequena despertar e estar super a fim de conversar às 05h da madrugada! 😅

E como passei o dia pensando nesse meu sono, e na vontade que estava de dormir de novo, resolvi escrever!

Bom, eu já sabia que nosso cérebro realmente não dorme enquanto dormimos, pelo contrário, ele faz uma série de coisas – fundamentais para nosso bom funcionamento – que não consegue fazer enquanto estamos acordados. E se você – assim como eu – não anda dormindo direito ultimamente, já deve ter percebido que sua capacidade de concentração, memória, disposição e – principalmente – sua paciência deram uma caidinha por aí, não é verdade?

Mas olha só que legal, no livro “100 dias para mudar” eu descobri 05 dicas que foram muitos úteis para mim, e acredito que possam ser para você também. Quer ver? Vou te contar em primeiríssima mão:

1. Não faça “banco de horas” de sono.


Eu sempre achei que, quando meu marido ficava com as crianças para eu dormir até mais tarde de domingo, eu estaria “repondo” minhas energias. Nunca pensei no porquê desse plano nunca ter funcionado, pois no dia seguinte lá estava eu, “acabada”, novamente! rs.

Isso porque nosso corpo não “armazena” para depois “tirar a média”, infelizmente…

Não tem outro jeito, é preciso ter um equilíbrio entre suas horas de descanso diárias e semanais. Então, descubra quantas horas de sono são realmente necessárias para você sentir-se revigorar e tente preservar sempre que puder esse tempo sagrado.

2. Crie rituais


Desde que li essa dica, eu parei de ter como última tarefa da noite checar meu whats e face… Eu achava que “zapear” na internet me dava sono. Infelizmente isso só atrapalha ainda mais o processo! Não que eu não dê uma última “zapeada” a noite, mas depois que faço eu aprendi a colocar o celular no “modo avião”, assim, nenhum som de mensagem nova perturba a minha “hora de dormir”. O ideal mesmo é ter um ritual gostoso para dormir. Algo – exceto eletrônicos em geral – que te relaxe e dê prazer, como um bom banho, uma sessão de autocuidados, um bom livro ou mesmo uma oração de gratidão. Seja qual for a sua praia, um ritual para “baixar a bola” e dar boas-vindas ao sono sempre vai bem.

3. Preste atenção ao ambiente do sono


Aqui o lema é “não leve o trabalho para a cama!”, literalmente!

Parece simples, mas não é… Evitar muitos estímulos, não cair na tentação de levar o notebook para o quarto, atualizar a agenda ou aquela lista de tarefas antes de deitar… Estes e outros cuidados podem dar um upgrade na qualidade do seu sono.

Acredite! E se não tiver jeito, se seu espaço de trabalho/estudo fica dentro do seu quarto, sem crise. Então capriche nas outras dicas.

4. Permita-se momentos de descanso ao longo do dia


Sabe aquele momento em que os olhos ardem, a boca boceja, a cabeça pesa, ou o ombro dói? É sinal de que já passou da hora da pausa. As “paradas” curtas ao longo do dia são vitais para você conseguir manter sua produtividade em alta, alguns minutos de distração, seja com o uma conversa “jogada fora”, o famoso “cafezinho” ou mesmo uma bela caminhada para esticar as pernas, tudo isso faz a mente “oxigenar” e te possibilita revigorar as energias. Com essas pausas bem distribuídas, por mais puxado que seja seu dia, ele parecerá tão pesado assim ao anoitecer. Um “respiro” é bom e seu corpo agradece!

5. Procure ajuda médica se necessário


Se já seguiu essas dicas no seu dia a dia e elas não surtiram o menor efeito, se anda difícil ter uma noite restauradora de sono há muito tempo, não adianta o que fizer… Não se intimide. Procure um profissional qualificado!

Às vezes, o sono – ou a falta dele – é apenas um dentre os fatores de saúde e, ou, estilo da sua vida, que precisa ser cuidado por um profissional qualificado. Busque assim ajuda médica que possível, e volte a dormir profunda e tranquilamente. Acredite, todos ao seu redor agradecem!

E então, o que achou?

Conta aí, como anda seu sono de cada dia?

Ah, e se tiver algo que funcione no quesito “Crie rituais”, compartilha aqui. Tô aceitando ideias para ver o que funciona melhor.

Bons sonhos e até a próxima!


Escrito por: Alessandra Ramos

Ale é analista de Gestão do Conhecimento, casada com Marcos e mãe dos pequenos Nícolas e Catarina, dedica um tempo para desenvolver pessoas e organizações.